programação

arrow&v
arrow&v

07/08/22

13:00

Paul Parra, Lino Calixto, Harpya Satanara, Évora, Cíntia Rizoli, Rafa Kennedy, Luara Souza e Zure Gabriel.

Exposição de Artes Visuais e Fotografia TRANSviada

Artes Visuais

12 anos

12 anos

Exposição de Artes Visuais e Fotografia TRANSviada
Com curadoria afetiva de Paul Parra, a exposição de Artes visuais e fotografias TRANSviada traz ao público novas formas de representações estético-poéticas, em diferentes técnicas e linguagens que representam e/ou registram corpos, vivências, e subjetividades das pessoas transgênero. A exposição conta com obras de Luara Souza, Évora, Paul Parra, Cíntia Rizoli, Lino Calixto, Harpya Satanara, Zure Gabriel e Rafa Kennedy. (Foto: Cíntia Rizoli)

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

A exposição ficará aberta do dia 07 a 14/08
Horário: das 10 - 12h e das 14 - 17h (fechado na segunda-feira, dia 08).
Não é necessário agendamento.

07/08/22

20:00

Ateliê Transmoras, Évora e Vista Vasques

Desfile de Moda Transviada

Moda

12 anos

12 anos

Desfile de Moda Transviada
O Desfile de Moda Transviada apresentará as coleções do Ateliê Transmoras, Évora e Vista Vasques. É uma oportunidade de atualizar conceitos sobre a moda, a partir de propostas que pensar o upcycling e a Transmutação Têxtil como formas de compor peças originais, únicas e completamente transviadas.

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

07/08/22

21:00

Lino Calixto e Harpya Satanara

Ultrapassar o Vazio entre Lugares que Imaginamos Para nós

Artes Visuais, Performance

14 anos

14 anos

Ultrapassar o Vazio entre Lugares que Imaginamos Para nós
“Ultrapassar o Vazio entre Lugares que Imaginamos Para nós”, de Harpya Satanara e Lino Calixto, é uma instalação em assemblagem atrelada à performance “Atravessando o Caminho D’elux” de Lino Calixto. Pinturas, desenhos, fotocolagens, pontes feitas com lajotas quebradas, grama, resíduos orgânicos e flores compõem a obra do que pode ser visto enquanto a conexão entre dois mundos em que se instauram quando conectam-se com os movimentos corporais e textuais do Ator Lino Calixto sobre a travessia. A performance abre a Semana de Arte Transviada e a Exposição de Artes Visuais e Fotografia, na cidade de Campinas.

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

07/08/22

22:00

Angelíque Farnocchia

Solo és Mãe

Música

14 anos

14 anos

   Solo és Mãe
O que se perde com o tempo? Abandonando o conceito de escassez, oque se ganha com o tempo? Queremos estar em outro momento…em outro lugar, de uma outra forma? Se conectar com as raizes intocáveis que te seguram no solo, pode abrir caminhos para o passado, futuro… ou já que o conceito de tempo foi criado pelo ser humano… que os caminhos se abram para o agora!

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

07/08/22

22:30

All Ice

Universo Nu

Música

14 anos

14 anos

Universo Nu
All ice apresenta Universo Nu álbum que leva o ouvinte para uma experiência muito livre musicalmente falando. Descolonizando o fazer musical, colocando corpos transmasculinos e corpas pretas no topo da auto estima.

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com retirada de ingressos no local, 1h antes do espetáculo).

07/08/22

23:00

Diameyka Odara

Orin Odara

Música

14 anos

14 anos

Orin Odara
Orin Odara que em yoruba significa a beleza do canto, é um projeto que entende a beleza dos diversos tipos de manifestações musicais negras que não são aceitas pela sociedade por conta do racismo estrutural, levando ao público a conscientização do estado belo dessas artes. Por meio da observação a artista Diameyka Odara desenvolve um trabalho musical através de cantigas yoruba e canto afro brasileiro, misturando com as sonoridades instrumental de outros estilos também afro diaspóricos como o vogue beat, funk periférico, balck soul norte americano e o mais variados estilos de samba. Diameyka levará todo esses conhecimentos ao público através de um show e performance cocriadas a partir de tecnologias negras e ancestrais.

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

09/08/22

23:00

Rainha Kong

O Bebê de Tarlatana Rosa

Teatro

16 anos

16 anos

O Bebê de Tarlatana Rosa
Brasil. Belle Époque. O centro sendo varrido para o morro. Carnaval do Rio de Janeiro. Ah! E não há quem não saia no Carnaval disposto ao excesso. Heitor deu para andar pelo largo do Rocio e ia caminhando para os lados da secretaria do interior, quando viu, parado, o bebê de tarlatana rosa. Era ele! Era ele, o bebê de nariz postiço. Era ele, o bebê que não deveria estar ali, naquela hora com aquela máscara. Era ele, o bebê sem nariz. Era ele. Sentiu palpitar-lhe o coração. Sentiu um arrepio subir a espinha. Sentiu o apertar das calças. Parou. O Bebê de Tarlatana Rosa celebra no mesmo tempo que vela, está em festa enquanto está de luto e gesta na hora que mata. Calcada nestes paradoxos, a peça teatral busca confluir o conto homônimo de João do Rio com as narrativas dus atorys no jogo da cena, a fim de se levantar uma discussão a respeito das questões de gênero e sexualidade. Direção: RAINHA KONG Dramaturgia: criação coletiva livremente inspirada em texto de João do Rio Elenco: Aleph antialeph, Helena Agalenéa, Jaoa de Mello, Vitinho Rodrigues Iluminação e operação de luz: Felipe Tchaça Sonoplastia: RAINHA KONG e Nãovenhasemrosto Operação de som: DJs Ibiza (Iza Marie e Bia Fonseca) Arte: Aleph antialeph Material Fotográfico e Fílmico: Karen Mezza, Natt Fejfar, Normélia Rodrigues, Thomas BF" Produção: RK Produção Coordenação de produção: Bia Fonseca e Iza Marie Miceli

SESC CAMPINAS

Rua Dom José I, 270/333 - Bonfim, Campinas - SP, 13070-741

icone informacao.png

Atividade gratuita (com retirada de ingressos no local, 1h antes do espetáculo).

10/08/22

22:00

Helena Agalenéa

Eanna: Santuário Travesti

Teatro

14 anos

14 anos

Eanna: Santuário Travesti
Eanna: Santuário Travesti é uma peça feitiço, uma celebração de mitologias transviadas, que nos contam sobre a existência de corpos dissidentes desde, pelo menos, a Suméria Antiga. Em tempos de catástrofes climáticas e pandemias desestruturadoras, ainda conseguimos encontrar tempo para punir, perseguir, maldizer um corpo diferente do nosso. Em Eanna, invocamos a Deusa do amor para nos lembrar que só sobreviveremos aos próximos dilúvios quando, enfim, aprendermos a estar juntes, em comunidade. O Santuário Travesti une o corpo considerado profano ao sagrado, retomando os tempos antigos onde corpos dissidentes entoavam cânticos nos templos de Inanna, na Suméria, nos cultos de Cibele, na Anatolia, e na Casa de Afrodite, em Corinto. O Brasil de 2022 segue sendo o país que mais mata e mais consome pornografia de corpos trans. Pois então, lavemos o imaginário de morte e fetichismo para celebrar nossos corpos com vida, com honra, com tesão, com amor, em festa! Eanna Santuário Travesti nos lembra do ato simples e revolucionário, ingênuo e sábio, bobo e transformador de simplesmente amar. Se a segregação foi o que salvou a humanidade do dilúvio, agora só o que vai nos salvar é a união.

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

11/08/22

22:00

Helena Agalenéa

Eanna: Santuário Travesti

Teatro

14 anos

14 anos

Eanna: Santuário Travesti
Eanna: Santuário Travesti é uma peça feitiço, uma celebração de mitologias transviadas, que nos contam sobre a existência de corpos dissidentes desde, pelo menos, a Suméria Antiga. Em tempos de catástrofes climáticas e pandemias desestruturadoras, ainda conseguimos encontrar tempo para punir, perseguir, maldizer um corpo diferente do nosso. Em Eanna, invocamos a Deusa do amor para nos lembrar que só sobreviveremos aos próximos dilúvios quando, enfim, aprendermos a estar juntes, em comunidade. O Santuário Travesti une o corpo considerado profano ao sagrado, retomando os tempos antigos onde corpos dissidentes entoavam cânticos nos templos de Inanna, na Suméria, nos cultos de Cibele, na Anatolia, e na Casa de Afrodite, em Corinto. O Brasil de 2022 segue sendo o país que mais mata e mais consome pornografia de corpos trans. Pois então, lavemos o imaginário de morte e fetichismo para celebrar nossos corpos com vida, com honra, com tesão, com amor, em festa! Eanna Santuário Travesti nos lembra do ato simples e revolucionário, ingênuo e sábio, bobo e transformador de simplesmente amar. Se a segregação foi o que salvou a humanidade do dilúvio, agora só o que vai nos salvar é a união

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

12/08/22

23:00

Helena Agalenéa

Vendo sexo, dou de graça

Literatura

18 anos

18 anos

Vendo sexo, dou de graça
Vendo sexo dou de graça é uma vivência erótico-literária, onde a atriz travesti lerá os contos de seu livro: "É também amor, amor" em voz alta. A leitura em voz alta é feitiço: deixar de ser objeto para tornar-se sujeita. Somos o país que mais mata travestis no mundo, e o país que mais consome pornografia sobre o corpo trans. No ato de falar em voz alta, compartilhando narrativas onde corpos trans são protagonistas de suas próprias histórias e amores, o intuito é seduzir e enfeitiçar o público a pensar novas narrativas para nossas corpas, com menos transfobia, fetichização e estigmatização; e vendo a humanidade complexa que existe em cada vivência transviada. e mais vontade do erótico sagrado e plural. “É também amor, amor”, publicado pela Cartola Editora, acompanha cinco histórias diferentes, que têm em comum o fato de celebrarem formas plurais de se pensar o amor. Os cinco contos selecionados para esta publicação foram escritos entre 2015 e 2021, acompanhando o processo de transição de gênero da autora; sendo, portanto, um relato de uma (de tantas) transformação de um jovem e inexperiente autor gay, em uma autora travesti de quase trinta anos. Focando em protagonistas que fogem dos padrões binários de gênero e de sexualidade, o livro é um convite lascivo, erótico e provocador a se (re)pensar a afetividade. Para além de romance LGBT+ ou literatura erótica. A obra é um feitiço de abundância, afeto, uma semente que pretende semear em tempos tão difíceis, novas possibilidades de se pensar o amor. Ficha técnica Autora e performer: Helena Agalenéa

SESC CAMPINAS

Rua Dom José I, 270/333 - Bonfim, Campinas - SP, 13070-741

icone informacao.png

Atividade gratuita (com retirada de ingressos no local, 1h antes do espetáculo).

13/08/22

17:00

Edan Mutatis

Transmasculinidades Ballroom

Performance, Ballroom

14 anos

14 anos

Transmasculinidades Ballroom
Neste trabalho, Edan Mar fala sobre sua trajetória como transmasculino na cena Ballroom de São Paulo e como isso tem sido importante em sua história como trans, artista e imigrante no Brasil.

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

13/08/22

17:30

Marvena Ubuntu

Se a Mar(é)

Performance, Ballroom

14 anos

14 anos

Se a Mar(é)
Se a mar(é).. Performance com elementos das artes cênicas, narra a trajetória da afroalien Marvena, que de tantos mares que já passou entende que ser Mar é o que é necessário para seguir. Ser a Mar é.. Com receio, e muito cuidado ligando espiritualidade e arte. Me movimentar sempre foi a conexão comigo mesma, me encontrar, me conhecer, explorar e aprofundar. Ser a maré não voltar... A água que antes estava num pote, agora, se mistura com a do outro e vira uma coisa só. Mutáveis e resilientes como a água Delicadas e perigosas como a rosa Serena e revolta como o mar Se amar é.. O autoconhecimento que venho adquirindo, tem sido cheio de desafios. Mas muito bonito, sensível e de muito cuidado comigo agora, com quem fui, e posso ser. Somos ancestrais, e tbm somos o futuro, mas estamos no presente. Respira fundo e entre no mar que é ser a Mar.

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

13/08/22

18:00

Puri Candaces

HA!

Performance, Ballroom

14 anos

14 anos

  HA!
O resgate ancestral através da palhaçaria, o malabares não convencional aliado aos movimentos do vogue fazem dessa performance um lugar de desconstrução de ideias coloniais. Com um tom provocativo, os malabares são o ponto inicial dessa construção cênica que, por ter como protagonista um corpo transmasculino , naturalmente traz consigo no seu momento o conceito de ressignificação. A performance cria espaços e imaginários que incluam nossos corpos em lugares plurais, usando a queda, que convencionalmente é trágico ou ruim, como ponto de elevação de energia performática, fazendo com que o público observe e repense o lugar do erro.

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

13/08/22

18:30

Ákira Avalanx

Escorpiana

Performance, Ballroom

14 anos

14 anos

Escorpiana
Escorpiana é uma performance que surgiu de forma online e vem sendo adaptada para a versão presencial. A performance conta a história de uma mulher trans / travesti através da dança, música e poema.

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

13/08/22

19:00

Cena Ballroom

Mini Ball Transviada

Ballroom

14 anos

14 anos

Mini Ball Transviada
A Mini Ball Transviada é um evento de celebração das vivências e corpas trans, em uma homenagem à ancestralidade da comunidade Ballroom. Contemplaremos o brilho, o glamour e a riqueza das performances estéticas e dançantes dessa grande comunidade artística. As categorias apresentadas ajudam a contar um pouco da história das pessoas trans na cena ballroom: Face, Runway e Vogue Femme. Júri: Mãe Marvena Ubuntu, Prince Puri Candaces e Prince Edan Mutatis Chanter: Mother Ákira Avalanx DJ: DANN (Imperador Kaim Odara) Categorias: Trans Face (melhor rosto), Runway OTA (desfile) e Vogue Femme OTA. OUTFIT: Pessoas cisgêneras: PRETO Transmasculinos (boycetas, homens trans...): BRANCO Transfemininas (travestis, mulheres trans, femme queens...): VERMELHO Não Bináries: ROSA

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

13/08/22

22:00

Majestade Babilônia

DJ Set

Música

16 anos

16 anos

DJ Set

CASA DE VIDRO | MUSEU DA CIDADE

Av. Dr. Heitor Penteado, 2145 - Parque Taquaral, Campinas - SP, 13087-000

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

13/08/22

23:30

Irmãs de Pau

Dotadas Tour

Música

16 anos

16 anos

Dotadas Tour
Irmãs de Pau é uma dupla musical composta pelas multi artistas Isma Almeida e Vita Pereira. A partir de influências e ritmos transpretos, sobretudo o funk, constroem e destroem as narrativas do que é ser travesti no Brasil. As artistas usam da música para expressar seus sentimentos, vivências e inquietações enquanto travestis negras da periferia.

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

14/08/22

17:00

Marvena Ubuntu

Oficina de Maquiagem Artística

Maquiagem

16 anos

16 anos

Oficina de Maquiagem Artística
O corpo é um espaço moldável, quando transformamos ele, transformamos quem o manipula também. Não precisamos de muito para isso, basta usar a imaginação. Cada dia podemos fazer uma nova costura ou um furo no dedo. E cada dia estamos mais preparados e fortes, de mente e coração aguçados. A IMERSÃO é um encontro onde através da maquiagem e expressão intuitiva entramos em contato com a alma, mergulhando nos espelhos do inconsciente. Em espírito de coletividade, iremos compartilhar referências do mundo da maquiagem e experienciar o ato de "transformar-se" para buscar nossa expressão individual mais genuína. Conversando com universos distintos como drag e pintura intuitiva, nosso objetivo não é profissionalizar o fazer artístico a partir de técnicas e sim expandir os significados do corpo. Iremos pensar maquiagem e caracterização misturando cores, aplicando próteses e criando extensões sensíveis do corpo com materiais simples e acessíveis. Lista de materiais para a oficina*: - Pigmentos coloridos cremosos (Clown, base, paintstick, tinta à base de óleo) - Pigmentos coloridos líquidos (aqua color, tinta a base d'água) - Pigmentos coloridos em pó (sombra, pó compacto/solto) - Delineador (em gel, base, de pincel) - Glitter (floco, brocado, em pó, gel) - Pincéis E quaisquer outros materiais que possa ser usado como maquiagem! *cada participante deverá trazer seus materiais de maquiagem para a oficina. Não é necessário ter todos os itens da lista, o que trouxer poderá ser utilizado criativamente.

SESC CAMPINAS

Rua Dom José I, 270/333 - Bonfim, Campinas - SP, 13070-741

icone informacao.png

Inscrições a partir do dia 09/08!

14/08/22

18:00

Laboratório Cisco

Germino Pétalas no Asfalto

Cinema

10 anos

10 anos

Germino Pétalas no Asfalto
Quando Jack inicia seu processo de transição de gênero, o Brasil mergulha em uma onda de extremo conservadorismo. “Germino Pétalas no Asfalto” acompanha as transformações em sua vida e no país, atravessados por um governo de extrema direita e por uma pandemia devastadora. Através de um relato íntimo do cotidiano de Jack e seus amigos, vemos florescer uma rede de afeto e solidariedade que se constitui em meio a um contexto adverso.

SESC CAMPINAS

Rua Dom José I, 270/333 - Bonfim, Campinas - SP, 13070-741

icone informacao.png

Atividade gratuita (com retirada de ingressos no local, 1h antes do espetáculo).

20/08/22

11:00

Exposição de Artes Visuais e Fotografia TRANSviada

Exposição

Artes Visuais

12 anos

12 anos

Exposição
Com curadoria afetiva de Paul Parra, a exposição de Artes visuais e fotografias TRANSviada traz ao público novas formas de representações estético-poéticas, em diferentes técnicas e linguagens que representam e/ou registram corpos, vivências, e subjetividades das pessoas transgênero. A exposição conta com obras de Luara Souza, Évora, Paul Parra, Cíntia Rizoli, Lino Calixto, Harpya Satanara, Zure Gabriel e Rafa Kennedy.

FUNDEC

R. Brg. Tobias, 73 - Centro, Sorocaba - SP, 18010-070

icone informacao.png

A exposição ficará aberta do dia 20 a 27/08.
Horário: Das 08 às 18h (segunda à sexta) e das 08 às 12h (sábado). Fechado domingo dia 21.
Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

20/08/22

21:00

Lino Calixto e Harpya Satanara

Ultrapassar o Vazio entre Lugares que Imaginamos Para nós

Artes Visuais, Performance

14 anos

14 anos

Ultrapassar o Vazio entre Lugares que Imaginamos Para nós
“Ultrapassar o Vazio entre Lugares que Imaginamos Para nós”, de Harpya Satanara e Lino Calixto, é uma instalação em assemblagem atrelada à performance “Atravessando o Caminho D’elux” de Lino Calixto. Pinturas, desenhos, fotocolagens, pontes feitas com lajotas quebradas, grama, resíduos orgânicos e flores compõem a obra do que pode ser visto enquanto a conexão entre dois mundos em que se instauram quando conectam-se com os movimentos corporais e textuais do Ator Lino Calixto sobre a travessia. A performance abre a a Exposição de Artes Visuais e Fotografia, na cidade de Sorocaba.

MALOCA CENTRO CULTURAL

R. Francisco Scarpa, 321 - Centro, Sorocaba - SP, 18035-020

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

20/08/22

22:00

Vick Aisha

A última chama do amor

Performance

14 anos

14 anos

A última chama do amor
Minha proposta é uma performance de 15 minutos onde eu vou abordar alguns temas relacionado aos afetos, e vou usar o espaço para montar um cenário ritualístico enquanto a performance acontece. Após o cenário montado irei dançar uma música e recitar um texto de minha autoria. Finalizando com a entrega da oferenda. Essa performance fala sobre amores perdidos, amores doídos, amores partidos. Que junta a musicalidade africana o processo ritualístico, e a dança.

MALOCA CENTRO CULTURAL

R. Francisco Scarpa, 321 - Centro, Sorocaba - SP, 18035-020

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

20/08/22

22:30

Allura Haillan

Fenix Tour

Música

14 anos

14 anos

Fenix Tour
Fenix tour é a concretização de um ritual de morte e renascimento. O passado, presente e futuro cantados por Allura através de letras e performances profundas que contam a trajetória de ressureição da vida de uma travesti e suas diversas fases de transformação. Uma experiência que nos convida a rever o que nos foi ensinado e questionar aquilo que temos como certo em nossas mentes. Será mesmo que um corpo travesti é tão demoníaco quanto pensamos? Talvez!

MALOCA CENTRO CULTURAL

R. Francisco Scarpa, 321 - Centro, Sorocaba - SP, 18035-020

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

20/08/22

23:00

DJ King

DJ Set

Música

14 anos

14 anos

DJ Set

MALOCA CENTRO CULTURAL

R. Francisco Scarpa, 321 - Centro, Sorocaba - SP, 18035-020

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

25/08/22

23:00

Rainha Kong

O Bebê de Tarlatana Rosa

Teatro

16 anos

16 anos

O Bebê de Tarlatana Rosa
Brasil. Belle Époque. O centro sendo varrido para o morro. Carnaval do Rio de Janeiro. Ah! E não há quem não saia no Carnaval disposto ao excesso. Heitor deu para andar pelo largo do Rocio e ia caminhando para os lados da secretaria do interior, quando viu, parado, o bebê de tarlatana rosa. Era ele! Era ele, o bebê de nariz postiço. Era ele, o bebê que não deveria estar ali, naquela hora com aquela máscara. Era ele, o bebê sem nariz. Era ele. Sentiu palpitar-lhe o coração. Sentiu um arrepio subir a espinha. Sentiu o apertar das calças. Parou. O Bebê de Tarlatana Rosa celebra no mesmo tempo que vela, está em festa enquanto está de luto e gesta na hora que mata. Calcada nestes paradoxos, a peça teatral busca confluir o conto homônimo de João do Rio com as narrativas dus atorys no jogo da cena, a fim de se levantar uma discussão a respeito das questões de gênero e sexualidade. Direção: RAINHA KONG Dramaturgia: criação coletiva livremente inspirada em texto de João do Rio Elenco: Aleph antialeph, Helena Agalenéa, Jaoa de Mello, Vitinho Rodrigues Iluminação e operação de luz: Felipe Tchaça Sonoplastia: RAINHA KONG e Nãovenhasemrosto Operação de som: DJs Ibiza (Iza Marie e Bia Fonseca) Arte: Aleph antialeph Material Fotográfico e Fílmico: Karen Mezza, Natt Fejfar, Normélia Rodrigues, Thomas BF" Produção: RK Produção Coordenação de produção: Bia Fonseca e Iza Marie Miceli

SESC SOROCABA

R. Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade, Sorocaba - SP, 18030-160

icone informacao.png

Atividade gratuita (com retirada de ingressos no local, 1h antes do espetáculo).

26/08/22

22:00

Helena Agalenéa

Vendo sexo, dou de graça

Literatura

18 anos

18 anos

Vendo sexo, dou de graça
Vendo sexo dou de graça é uma vivência erótico-literária, onde a atriz travesti lerá os contos de seu livro: "É também amor, amor" em voz alta. A leitura em voz alta é feitiço: deixar de ser objeto para tornar-se sujeita. Somos o país que mais mata travestis no mundo, e o país que mais consome pornografia sobre o corpo trans. No ato de falar em voz alta, compartilhando narrativas onde corpos trans são protagonistas de suas próprias histórias e amores, o intuito é seduzir e enfeitiçar o público a pensar novas narrativas para nossas corpas, com menos transfobia, fetichização e estigmatização; e vendo a humanidade complexa que existe em cada vivência transviada. e mais vontade do erótico sagrado e plural. “É também amor, amor”, publicado pela Cartola Editora, acompanha cinco histórias diferentes, que têm em comum o fato de celebrarem formas plurais de se pensar o amor. Os cinco contos selecionados para esta publicação foram escritos entre 2015 e 2021, acompanhando o processo de transição de gênero da autora; sendo, portanto, um relato de uma (de tantas) transformação de um jovem e inexperiente autor gay, em uma autora travesti de quase trinta anos. Focando em protagonistas que fogem dos padrões binários de gênero e de sexualidade, o livro é um convite lascivo, erótico e provocador a se (re)pensar a afetividade. Para além de romance LGBT+ ou literatura erótica. A obra é um feitiço de abundância, afeto, uma semente que pretende semear em tempos tão difíceis, novas possibilidades de se pensar o amor. Ficha técnica Autora e performer: Helena Agalenéa

SESC SOROCABA

R. Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade, Sorocaba - SP, 18030-160

icone informacao.png

Atividade gratuita (com retirada de ingressos no local, 1h antes do espetáculo).

26/08/22

23:30

Ewe Pixain

DJ Set

Música

14 anos

14 anos

DJ Set

MALOCA CENTRO CULTURAL

R. Francisco Scarpa, 321 - Centro, Sorocaba - SP, 18035-020

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

27/08/22

00:30

All Ice

Universo Nu

Música

14 anos

14 anos

Universo Nu
All ice apresenta Universo Nu álbum que leva o ouvinte para uma experiência muito livre musicalmente falando. Descolonizando o fazer musical, colocando corpos transmasculinos e corpas pretas no topo da auto estima.

MALOCA CENTRO CULTURAL

R. Francisco Scarpa, 321 - Centro, Sorocaba - SP, 18035-020

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

27/08/22

20:00

Laboratório Cisco

Limiar

Cinema

10 anos

10 anos

Limiar
“Limiar” é um documentário autobiográfico realizado por uma mãe que acompanha a transição de gênero de seu filho adolescente: entre 2016 e 2019 ela o entrevista abordando os conflitos, certezas e incertezas que o perpassam numa busca profunda por sua identidade. Ao mesmo tempo, a mãe, revelada por meio de uma narração em primeira pessoa e por sua voz que conversa com o filho por detrás da câmera, passa ela também por um processo de transformação que a obriga a romper velhos paradigmas, enfrentar medos e desmantelar preconceitos.

SESC SOROCABA

R. Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade, Sorocaba - SP, 18030-160

icone informacao.png

Atividade gratuita (com retirada de ingressos no local, 1h antes do espetáculo).

27/08/22

22:00

Angelíque Farnocchia

Show Solo És Mãe

Música

14 anos

14 anos

Show Solo És Mãe
O que se perde com o tempo? Abandonando o conceito de escassez, oque se ganha com o tempo? Queremos estar em outro momento…em outro lugar, de uma outra forma? Se conectar com as raizes intocáveis que te seguram no solo, pode abrir caminhos para o passado, futuro… ou já que o conceito de tempo foi criado pelo ser humano… que os caminhos se abram para o agora!

MALOCA CENTRO CULTURAL

R. Francisco Scarpa, 321 - Centro, Sorocaba - SP, 18035-020

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

27/08/22

22:30

Naomi X

DJ Set: Vida longa ao povo preto

Música

14 anos

14 anos

DJ Set: Vida longa ao povo preto

MALOCA CENTRO CULTURAL

R. Francisco Scarpa, 321 - Centro, Sorocaba - SP, 18035-020

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

27/08/22

23:30

Alice Guel

Show

Música

14 anos

14 anos

Show
Neste show, ela questiona sua imagem refletida e busca se desprender das lógicas e das tendências do momento para entregar um trabalho sincero e emocional, que seja capaz de congregar sua irmandade, de coração para os corações, enquanto atravessamos um momento complexo da história.

MALOCA CENTRO CULTURAL

R. Francisco Scarpa, 321 - Centro, Sorocaba - SP, 18035-020

icone informacao.png

Atividade gratuita (com contribuição voluntária na retirada de ingressos)

28/08/22

17:00

Marvena Ubuntu

Oficina de Maquiagem Artística

Maquiagem

16 anos

16 anos

Oficina de Maquiagem Artística
O corpo é um espaço moldável, quando transformamos ele, transformamos quem o manipula também. Não precisamos de muito para isso, basta usar a imaginação. Cada dia podemos fazer uma nova costura ou um furo no dedo. E cada dia estamos mais preparados e fortes, de mente e coração aguçados. A IMERSÃO é um encontro onde através da maquiagem e expressão intuitiva entramos em contato com a alma, mergulhando nos espelhos do inconsciente. Em espírito de coletividade, iremos compartilhar referências do mundo da maquiagem e experienciar o ato de "transformar-se" para buscar nossa expressão individual mais genuína. Conversando com universos distintos como drag e pintura intuitiva, nosso objetivo não é profissionalizar o fazer artístico a partir de técnicas e sim expandir os significados do corpo. Iremos pensar maquiagem e caracterização misturando cores, aplicando próteses e criando extensões sensíveis do corpo com materiais simples e acessíveis. Lista de materiais para a oficina*: - Pigmentos coloridos cremosos (Clown, base, paintstick, tinta à base de óleo) - Pigmentos coloridos líquidos (aqua color, tinta a base d'água) - Pigmentos coloridos em pó (sombra, pó compacto/solto) - Delineador (em gel, base, de pincel) - Glitter (floco, brocado, em pó, gel) - Pincéis E quaisquer outros materiais que possa ser usado como maquiagem! *cada participante deverá trazer seus materiais de maquiagem para a oficina. Não é necessário ter todos os itens da lista, o que trouxer poderá ser utilizado criativamente.

SESC SOROCABA

R. Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade, Sorocaba - SP, 18030-160

icone informacao.png

Atividade gratuita (com retirada de ingressos no local, 1h antes da oficina).